Brasil

Base de Canoas recebe voos comerciais programados para Porto Alegre

AGÊNCIA BRASIL

A Base A√©rea de Canoas, no Rio Grande do Sul, receber√° parte dos voos comerciais que estavam programados para pousar ou decolar do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, alagado pelas fortes chuvas que atingiram o estado nos √ļltimos dias.

Segundo a Aeron√°utica, o objetivo da medida √© ‚Äúsuprir a demanda decorrente do fechamento do‚ÄĚ aeroporto da capital ga√ļcha e foi planejada com o Minist√©rio de Portos e Aeroportos, Ag√™ncia Nacional de Avia√ß√£o Civil (Anac) e companhias a√©reas.

A primeira aeronave, da Azul Linhas Aéreas, pousou em Canoas às 15h10 desta quarta-feira (8), transportando 1,5 tonelada de mantimentos que a empresa arrecadou em mais de 500 postos de coleta, incluindo água, cobertores, absorventes, fralda e soro fisiológico. Em nota, a companhia afirma ter mais 251 toneladas de donativos prontos para serem enviados ao estado nos próximos dias.

Amanhã (9), outros voos da Força Aérea Brasileira (FAB) e de quatro empresas de aviação devem usar a Base Aérea de Canoas para descarregar mantimentos. Na terceira fase da operação, uma aeronave pousará na cidade transportando o primeiro grupo de passageiros.

De acordo com a Fraport Brasil, concession√°ria do Salgado Filho, n√£o h√° previs√£o de quando as opera√ß√Ķes no aeroporto de Porto Alegre ser√£o retomadas. ‚ÄúPara cumprir a legisla√ß√£o aeroportu√°ria, foi emitido um Notam (comunicado sobre altera√ß√Ķes e restri√ß√Ķes tempor√°rias que impactem as opera√ß√Ķes a√©reas, do ingl√™s Notice to Airman) com data final em 30 de maio‚ÄĚ, informa a Fraport, em nota. O documento pode ser alterado a qualquer momento, acrescentou a concession√°ria, que pede aos que t√™m voos programados para entrar em contato com as companhias a√©reas a fim de obter informa√ß√Ķes sobre como proceder.

Donativos

Em nota, a FAB também anunciou que vai lançar donativos e materiais essenciais, por via aérea, para a população de locais isolados pelas chuvas, que já mataram 100 pessoas em todo o estado.

‚ÄúAs miss√Ķes buscam trazer mais agilidade no atendimento √† popula√ß√£o atingida, uma vez que as estradas encontram-se, quase na sua totalidade, obstru√≠das‚ÄĚ, informou a Aeron√°utica.