Brasil

Mais de 90% dos fuzis apreendidos no RJ em 2023 eram importados

AGÊNCIA BRASIL ©

Mais de 90% dos¬†fuzis¬†apreendidos no ano passado pela Pol√≠cia Militar do Rio de Janeiro foram fabricados em outros pa√≠ses. O maior n√ļmero de apreens√Ķes ocorreu em √°reas do estado onde h√° disputas de territ√≥rio entre fac√ß√Ķes criminosas rivais. As duas constata√ß√Ķes fazem parte de um estudo¬†da Subsecretaria de Intelig√™ncia (SSI)da Secretaria de Estado de Pol√≠cia Militar, que analisou a apreens√£o de 492¬†fuzis em 2023.

Um aspecto abordado no¬†estudo¬†da SSI diz respeito √† marca dos¬†fuzis¬†apreendidos. Dos 492, 199 s√£o da marca norte-americana Colt. Foram registrados no¬†estudo¬†194¬†fuzis¬†sem marca, ou seja, armas que entram no pa√≠s ou no estado separadas por pe√ßas e montadas por armeiros envolvidos com as organiza√ß√Ķes criminosas. As demais armas apreendidas s√£o de 43 marcas diversas, praticamente todas de pa√≠ses do Hemisf√©rio Norte. ¬†

O¬†estudo¬†da SSI mostra que as apreens√Ķes se concentraram com maior intensidade nas √°reas integradas de seguran√ßa p√ļblica (AISPs) da zona oeste da capital e da Baixada Fluminense. Das dez AISPs com maior n√ļmero de apreens√Ķes, oito est√£o situadas nessas regi√Ķes do estado. As √ļnicas exce√ß√Ķes s√£o a AISP 3 (regi√£o do M√©ier e adjac√™ncias) e a AISP 16 (Olaria e adjac√™ncias). Das 492 apreens√Ķes de¬†fuzis¬†no ano passado, 377 foram registradas nessas dez regi√Ķes.

Ainda sob o aspecto geogr√°fico, o¬†estudo destaca a expans√£o do crime organizado para o interior do estado. Na regi√£o do 5¬ļ Comando de Policiamento (5¬ļ CPA), Sul Fluminense e Costa Verde, foram apreendidos 13¬†fuzis¬†no ano passado. J√° na regi√£o do 6¬ļ CPA, Norte e Noroeste do estado, ocorreram sete apreens√Ķes.

‚ÄúCompartilhado com a Pol√≠cia Federal, o¬†estudo¬†indica que o tr√°fico internacional de armas representa um dos maiores desafios para a √°rea de seguran√ßa p√ļblica do Rio de Janeiro, cuja solu√ß√£o depende de uma a√ß√£o articulada entre as pol√≠cias do estado e as for√ßas federais‚ÄĚ, diz nota da Pol√≠cia Militar.