Brasil

PF prende mulher suspeita de ajudar em fuga de presídio federal

AGÊNCIA BRASIL

A Pol√≠cia Federal (PF) prendeu uma mulher suspeita de ajudar dois detentos da Penitenci√°ria Federal de Mossor√≥¬†–¬†Rog√©rio da Silva Mendon√ßa e Deibson Cabral Nascimento –¬†ap√≥s a fuga em 14 de fevereiro. A mulher foi detida preventivamente ontem (26), na cidade de Aquiraz, no Cear√°. Os fugitivos¬†foram recapturados em Marab√° (PA).

A pris√£o da mulher √© desdobramento de opera√ß√£o policial realizada em 22 de fevereiro deste ano, quando a For√ßa Integrada de Combate ao Crime Organizado (FiCCO) do Cear√° apreendeu 24 kg de maconha, uma pistola e muni√ß√Ķes em uma resid√™ncia do munic√≠pio cearense.

Segundo a pol√≠cia, havia a suspeita de que os fugitivos pudessem estar no local. Durante as investiga√ß√Ķes, a partir dos objetos apreendidos, foi confirmada a participa√ß√£o efetiva da mulher em¬†grupo criminoso.

‚ÄúCom a an√°lise dos materiais apreendidos na resid√™ncia, verificamos que, de fato, existia uma associa√ß√£o criminosa dedicada ao tr√°fico em Aquiraz e regi√£o circunvizinha‚ÄĚ, informou a PF.

Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento foram recapturados no dia 4 de abril. Os detentos, que escaparam do presídio de segurança máxima, foram encontrados em Marabá (PA), a cerca de 1.600 km de Mossoró, após 50 dias de buscas. Foi a primeira fuga de um presídio de segurança máxima do país.

Os fugitivos foram presos com mais quatro pessoas. Tamb√©m foram apreendidos um fuzil e aparelhos celulares. Criminosos das mesmas fac√ß√Ķes de Mendon√ßa e Nascimento ajudaram durante o per√≠odo de 50 dias em¬†que os detentos permaneceram em fuga.