Brasil

Quatro pessoas seguem internadas após queda de telhado em casa de show

AGÊNCIA BRASIL

Quatro pessoas feridas em raz√£o da queda do teto de uma casa de show, no √ļltimo domingo (28), em Jo√£o Pessoa, permanecem internadas. Segundo boletim divulgado hoje (30) pelo Hospital de Emerg√™ncia e Trauma Senador Humberto Lucena,¬†dois homens e duas mulheres apresentam quadro cl√≠nico est√°vel. No total, 23 homens e 23 mulheres foram atendidos. Das 46 pessoas que deram entrada na unidade, 42 j√° receberam alta.

O Corpo de Bombeiros da Paraíba afirmou que a estrutura montada no local não tinha sido autorizada corporação para a realização de eventos. A festa chamada Vibe do Sagaiz foi promovida pelo cantor Gustavo Sagaiz, que se apresentava no momento do acidente.

De acordo com o tenente-coronel Tiago Aragão, diretor de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros, o estabelecimento já havia sido fiscalizado, notificado e multada pela falta de um projeto de segurança contra incêndios. A corporação orientou que os proprietários seguissem a norma técnica e elaborassem um projeto a cada evento, com montagem de estruturas temporárias, como palco e outras. A orientação que foi desrespeitada.

‚ÄúEsse evento ocorreu sem o conhecimento do Corpo de Bombeiros e, portanto, de forma irregular. Quando vamos fazer um evento tempor√°rio, uma festa, um show onde¬†ser√£o montadas estruturas provis√≥rias, nossa norma t√©cnica estabelece que se deve fazer um projeto de seguran√ßa contra inc√™ndio e p√Ęnico e dar entrada no Corpo de Bombeiros¬†com anteced√™ncia m√≠nima de dez dias. Depois, solicitar a vistoria. Vamos avaliar e, se estiver tudo seguro, vamos emitir o auto de vistoria para eventos tempor√°rios.¬†Essa edifica√ß√£o n√£o possu√≠a essa certifica√ß√£o”, disse Arag√£o.

Ainda segundo Arag√£o, a casa de show j√° havia sido multada em R$ 4 mil em raz√£o do descumprimento da norma.

‚ÄúO Corpo de Bombeiros fiscalizou, notificou em dezembro¬†e, em cada evento, o propriet√°rio foi orientado a fazer o projeto de seguran√ßa contra inc√™ndio e solicitar uma vistoria t√©cnica. Quem deveria manter contato com o Corpo de Bombeiros, submeter o projeto a an√°lise e solicitar vistoria¬†era o propriet√°rio‚ÄĚ, afirmou.

Por meio de suas redes sociais, o cantor Sagaiz disse que a estrutura que desabou era da casa de show, e que a situação só não foi mais grave porque outra estrutura de palco, levada pelo próprio cantor. impediu.

‚ÄúAgora vamos aguardar¬†as investiga√ß√Ķes da pol√≠cia e do bombeiro! S√≥ queria deixar claro que n√£o foi a estrutura de palco que caiu‚ĶA estrutura de palco salvou as vidas que l√° estavam. O que caiu foi o teto da casa de show. Todos n√≥s queremos um posicionamento da casa de show‚ÄĚ, disse. ‚ÄúA gente contratou um dos locais mais caros de Jo√£o Pessoa! Sem palavras! Meus amigos est√£o no hospital‚ÄĚ, escreveu.

As p√°ginas de rede sociais da casa de show UP Garden, local do evento, foram exclu√≠das. O Minist√©rio P√ļblico da Para√≠ba (MPPB) informou que determinou uma s√©rie de dilig√™ncias a fim de apurar as condi√ß√Ķes do desabamento da estrutura da casa de shows.

Segundo a promotora de Justi√ßa, Cl√°udia Cabral Cavalcante, que atua no caso, foram solicitadas informa√ß√Ķes ao Corpo de Bombeiros, √† Superintend√™ncia de Administra√ß√£o do Meio Ambiente (Sudema) e √† prefeitura de Jo√£o Pessoa.

“Com rela√ß√£o √† responsabilidade solid√°ria entre a casa de show e o contratante realizador do evento, expedimos notifica√ß√£o aos respons√°veis pelo empreendimento para que suspendam imediatamente todas as atividades no local, bem como apresentem todas as licen√ßas e autoriza√ß√Ķes para funcionamento com seguran√ßa e observ√Ęncia das normas t√©cnicas que esse tipo de atividade exige. E, de igual forma, notificamos os respons√°veis pelo evento para que informem sobre a apresenta√ß√£o ao Corpo de Bombeiros do projeto de seguran√ßa contra inc√™ndio e p√Ęnico, relativo √† montagem do palco, conforme exige a norma t√©cnica. Tamb√©m requisitamos o contrato firmado com os realizadores do show, justamente para avaliar a responsabilidade solid√°ria entre ambos”, disse Cl√°udia Cabral.