Política

Em nova onda de temporais, governador ga√ļcho pede apoio federal

AGÊNCIA BRASIL

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu nesta terça-feira (30) envio de ajuda do governo federal para o Rio Grande do Sul, que vive uma nova onda de chuvas e ocorrência de enchentes.

Em postagem nas redes sociais, Lula disse que falou com o governador por telefone e determinou aos minist√©rios da Integra√ß√£o e Desenvolvimento Regional, da Defesa e da Comunica√ß√£o Social que atuem no estado. “[O] governo federal ir√° se somar aos esfor√ßos do governo estadual e prefeituras para atravessarmos e superarmos mais esse momento dif√≠cil, reflexos das mudan√ßas clim√°ticas que afetam o planeta”, escreveu.

Em uma s√©rie de postagens, tamb√©m nas redes sociais, o governador Eduardo Leite fez um apelo pelo envio de ajuda, principalmente apoio a√©reo. “Precisamos resgatar j√° centenas de pessoas em dezenas de munic√≠pios que est√£o em situa√ß√£o de emerg√™ncia pelas chuvas intensas j√° ocorridas e que v√£o continuar nos pr√≥ximos dias”, escreveu Leite. “Falei agora por telefone com o presidente Lula, que assegurou o apoio do governo federal. Tenho certeza [de] que poderemos contar com essa uni√£o de esfor√ßos para o resgate da popula√ß√£o afetada, que √© a nossa prioridade absoluta neste momento”, postou em seguida.

Os temporais que castigam o Rio Grande do Sul desde ontem (29) já causaram estragos em mais de 70 municípios. Autoridades já reportaram a morte de cinco pessoas e algumas dezenas estão feridas ou desaparecidas. O estado vem sofrendo com ciclos cada vez mais recorrentes de intempéries climáticas.

No segundo semestre do ano passado, enchentes provocadas por fortes chuvas fizeram transbordar o Rio Taquari, em uma das piores cheias em décadas e deixaram um rastro de destruição, perdas materiais e cerca de 50 mortes.