São João

Estrutura do Maior São João do Mundo começa a ser desmontada

Estrutura do Maior São João do Mundo começa a ser desmontada


DA REDAÇÃO COM ASCOM

Após 33 dias de festa, O Maior São João do Mundo foi encerrado neste domingo (30) e, nesta segunda-feira (1º), começou a desmontagem das estruturas no Parque do Povo. Comerciantes, barraqueiros e patrocinadores já iniciaram a retirada de seus materiais, para que, posteriormente, a desmontagem da estrutura geral também possa acontecer.

Fernando Marcedo, do estabelecimento Bodódromo, compartilhou seus sentimentos sobre o encerramento do evento.

“É isso, a gente chegou ao fim da batalha. Não queria que acabasse, mas infelizmente acabou, então vamos nos preparar para o próximo ano, 2025. Eu acredito que até o final da tarde, a gente já finalize tudo aqui, para que todo mundo vá pra casa dormir, o sono dos justos.”

Apesar do fim da festa, a economia indireta continua ativa, como no caso do fretista José Carlos.

“Hoje apareceu uns fretes pra fazer, cheguei aqui umas 6h da manhã e isso é muito bom pois entra um dinheirinho no bolso também. Ontem à noite eu vim dar uma olhadinha na festa. Saí daqui 1h da manhã e agora eu voltei pra trabalhar e fazer frete”, comemorou o trabalhador.

A produtora executiva da Arte Produções, Monique Fernandes, detalhou o processo de desmontagem da estrutura.

“A desmontagem do Maior São João do Mundo já iniciou. Nessa madrugada o evento encerrou por volta das 4 horas da manhã e de forma imediata todos os comerciantes já começam a fazer a guarda dos seus materiais, o encaixotamento, a limpeza dos seus espaços, já vão retirando as suas decorações e aguardam até as 8 horas da manhã para que seja feita a liberação da entrada de veículos. A entrada desses veículos é pela Sebastião Donato e, dependendo do setor, têm acesso específico pela Major Belmiro para a Arena da Cidade e para a área de restaurante e barracas”, disse Monique.

Após a retirada das estruturas dos comerciantes e patrocinadores, começa a desmontagem das estruturas cenográficas, pisos, coberturas e paredes dos demais espaços.

A previsão é de que, nos próximos três dias, toda a parte de equipamentos, decoração e materiais dos patrocinadores seja retirada.

Em paralelo, acontece a desmontagem do palco principal, seguida pelas áreas de camarote e palco cultural. Também é feita a desmontagem das estruturas no Açude Novo. O prazo máximo para a retirada de todos os materiais é até o final de julho.