Brasil

Governo do RS chama bombeiros da reserva e policiais aposentados

AGÊNCIA BRASIL

O governo do Rio Grande do Sul publicou nesta quarta-feira (15), no Diário Oficial do estado, uma autorização para que seja aberto chamamento de até 260 policiais civis aposentados e 100 bombeiros militares da reserva, para que atuem no enfrentamento à tragédia climática. 

Em ambos os casos, as inscri√ß√Ķes para os interessados ficar√£o abertas a partir desta quinta-feira (16) at√© a pr√≥xima segunda-feira (20).¬†

No caso dos policiais civis, o refor√ßo se dar√° pelo Programa de Policiais Civis Aposentados (PPCA). ‚ÄúO efetivo atuar√° em atividades nas delegacias de pol√≠cia, para que os policiais da ativa possam atuar na atividade fim‚ÄĚ, explica o governo ga√ļcho, em nota. Para participar √© preciso estar dentro da idade m√°xima antes da aposentadoria compuls√≥ria.¬†

As inscri√ß√Ķes ser√£o efetuadas exclusivamente pelo e-mail ingresso@pc.rs.gov.br. Quem for aceito dever√° participar de uma integra√ß√£o de testes de tiro. A sele√ß√£o se dar√° pelos crit√©rios de menor tempo fora da atividade policial e menor idade.

J√° no caso dos bombeiros militares, os interessados ser√£o enquadrados no Programa Mais Efetivo. Nesse caso, √© preciso ter menos de 58 anos de idade e ter ido para a reserva h√° menos de cinco anos. Os convocados dever√£o atuar em opera√ß√Ķes de busca e salvamento em √°reas atingidas por enchentes. As inscri√ß√Ķes podem ser feitas por meio de formul√°rio. Ter√£o prioridade os militares com menor tempo na reserva remunerada.¬†

Desde o in√≠cio das chuvas no Rio Grande do Sul, no fim de abril, foram confirmadas 149 mortes, 108 desaparecidos e 806 feridos. As inunda√ß√Ķes e enxurradas impactam 446 munic√≠pios do estado e afetam de maneira direta ou indireta 2.124.553 moradores das cidades ga√ļchas, o que representa 19,51% do total da popula√ß√£o do estado.