Brasil

Governo federal envia ao Rio Grande do Sul 220 purificadores de √°gua

AGÊNCIA BRASIL

Em meio √†¬†escassez de √°gua pot√°vel e ao acesso restrito ao servi√ßo p√ļblico de abastecimento de √°gua no Rio Grande do Sul, o governo federal entregou nesta quarta-feira (8) um total de 220 purificadores de √°gua comprados a partir de doa√ß√Ķes. Os equipamentos chegaram em um voo da For√ßa A√©rea Brasileira (FAB) que aterrissou em Canoas, na regi√£o metropolitana de Porto Alegre, e devem ser distribu√≠dos para abrigos p√ļblicos mantidos por prefeituras. Nesses espa√ßos, est√£o alojadas cerca de 70 mil pessoas, n√ļmero que deve aumentar ao longo dos pr√≥ximos dias.

Segundo o ministro da Secretaria de Comunica√ß√£o Social da Presid√™ncia (Secom), Paulo Pimenta, um dos coordenadores da resposta do governo federal √†s enchentes no estado, os purificadores foram comprados pelo influenciador digital Felipe Neto, a partir de doa√ß√Ķes arrecadadas pela internet, com apoio da primeira-dama Janja da Silva. Os¬†equipamentos foram fabricados pela empresa PW Tech, de S√£o Paulo.

“√Č uma tecnologia muito eficiente e de f√°cil manuseio. E n√≥s trouxemos hoje 220 purificadores. Cada purificador tem a capacidade de purificar 5 mil litros de √°gua por dia. Isso nos permitir√° purificar 1,1¬†milh√£o de¬†litros de √°gua/dia”, afirmou Pimenta em coletiva de imprensa, em Porto Alegre, para atualiza√ß√£o de informa√ß√Ķes.

“A grande utilidade do purificador √© viabilizar √°gua pot√°vel para os abrigos que n√£o t√™m √°gua pot√°vel. Boa parte dos abrigos pode ter √°gua pot√°vel. Ent√£o, 220 purificadores, na nossa avalia√ß√£o, ser√£o suficientes para suprir a demanda por √°gua pot√°vel nesses abrigos, que est√£o concentrados, na sua grande maioria, aqui na regi√£o metropolitana”, acrescentou o ministro.

Em postagens nas redes sociais, Felipe Neto mostrou o embarque, a chegada e a montagem dos purificadores na capital ga√ļcha. Os equipamentos foram levados para o Centro de Opera√ß√Ķes da Defesa Civil em Porto Alegre e, de l√°, j√° est√° sendo distribu√≠dos aos pontos finais onde ser√£o usados. Cada purificador custou, segundo Neto, um total de R$ 22 mil, incluindo kits de manuten√ß√£o e filtros.

O governo também informou que o avião da FAB com os purificadores levou um novo carregamento de 25 toneladas de produtos doados, especialmente itens de higiene, de limpeza, fraldas, fraldas geriátricas, absorventes, entre outros. Com centenas de milhares de desabrigados e desalojados, a expectativa é que a demanda por alimentos, produtos de higiene e água siga em alta.