Economia

Maioria dos líderes do setor financeiro planeja usar IA contra fraudes

Maioria dos líderes do setor financeiro planeja usar IA contra fraudes


Da Redação com Agência Brasil

Um levantamento divulgado nesta ter√ßa-feira (25), em S√£o Paulo, revelou que mais da metade (52% do total) dos representantes de diversas institui√ß√Ķes financeiras do Brasil planeja implementar mecanismos da intelig√™ncia artificial (IA) para detec√ß√£o de fraudes.

O estudo foi conduzido pela Topaz, uma das maiores empresas de tecnologia especializada em solu√ß√Ķes financeiras digitais, em parceria com a Celent, l√≠der em pesquisa e assessoria tecnol√≥gica para institui√ß√Ķes financeiras em todo o mundo.

Apresentado hoje durante durante o evento Febraban Tech, o levantamento Pulso 2024 ‚Äď Experi√™ncia Digital: a Evolu√ß√£o dos Servi√ßos Financeiros na Am√©rica Latina foi realizado em dezembro do ano passado com 1.079 gerentes, superintendentes e diretores de tecnologia de diferentes organiza√ß√Ķes financeiras de 20 pa√≠ses latino-americanos e mostra a percep√ß√£o das lideran√ßas regionais em rela√ß√£o a inova√ß√Ķes tecnol√≥gicas e como a implementa√ß√£o destas impacta o setor.

Enquanto no Brasil os l√≠deres de institui√ß√Ķes financeiras preferem investir em detec√ß√£o de fraudes (52%) e na avalia√ß√£o de risco (49%), os demais pa√≠ses da regi√£o priorizam a intelig√™ncia artificial para chatbots [assistente virtual que usa intelig√™ncia artificial para se comunicar com usu√°rios] de atendimento ao cliente (54%).

‚ÄúUma das coisas mais importantes que notamos nessa pesquisa foi a diferen√ßa das expectativas da intelig√™ncia artificial nos mercados. Enquanto na Am√©rica Latina o uso est√° muito voltado para canais de atendimento e abertura de relacionamento, aqui no Brasil est√° totalmente focado para antifraude. O mercado latino-americano ainda apresenta dificuldade na digitaliza√ß√£o da ‘bancariza√ß√£o’ da maior parte de sua popula√ß√£o e enxerga um potencial mais de ‘bancariza√ß√£o’ mesmo, com abertura de contas e inclus√£o da sociedade para o mercado financeiro‚ÄĚ, disse Thiago Gramulha, marketing lead da Topaz, em entrevista √† Ag√™ncia Brasil.

Segundo Gramulha, no Brasil, o mercado financeiro hoje j√° √© mais digital. ‚ÄúAqui come√ßamos a entender melhor outras aplica√ß√Ķes da intelig√™ncia artificial‚ÄĚ, disse ele. ‚ÄúO Brasil √© um mercado muito avan√ßado em termos de tecnologia, mas temos que continuar investindo em seguran√ßa porque as fraudes se renovam a cada dia.‚ÄĚ

Para Gramulha, o uso de intelig√™ncia artificial pode criar v√°rias melhorias para o setor banc√°rio e seus clientes ‚Äď e n√£o somente relacionadas √† preven√ß√£o de fraudes. ‚ÄúA possibilidade que a intelig√™ncia artificial traz para os bancos √© exatamente de criar uma conversa e um relacionamento que entendam o momento do cliente e conversar de igual para igual. A intelig√™ncia artificial criaria uma camada emp√°tica e talvez, quando voc√™ mandar uma mensagem ao banco, ela entenda que voc√™ est√° nervoso ou que voc√™ est√° fora do lugar onde voc√™ costuma atuar ou operar. Ela tamb√©m pode trazer novas camadas de seguran√ßa.‚ÄĚ

Maior evento de tecnologia e inovação do setor financeiro na América Latina, o Febraban Tech vai até quinta-feira (27) no Traelensamerica Expo Center, em São Paulo. Neste ano, o evento tem como tema central a preparação dos bancos para o uso responsável da inteligência artificial.



Fonte: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil