São João

São João de Campina Grande: últimos shows religiosos no Parque do Povo

São João de Campina Grande: últimos shows religiosos no Parque do Povo


DA REDAÇÃO COM ASCOM

Fechando a programação religiosa da 41ª edição d’O Maior São João do Mundo, esta terça-feira, 25, recebeu dois grandes nomes na música Gospel, no palco principal do Parque do Povo.

O pastor ordenado, cantor e compositor gospel Marcos Freire abriu a programação com um show cheio de energia e palavras de conforto. Em um convite à celebração, o público cantou junto e literalmente tirou o pé do chão.

Durante a apresentação, Marcos que é de Campina Grande, lembrou que por muitas vezes passou ao lado do Parque do Povo e declarou que um dia estaria cantando na festa e glorificando o nome de Jesus, para ele que se apresenta pela quarta vez nos festejos juninos da cidade, a noite de hoje é motivo de gratidão.

“Passei a minha infância toda dizendo que um dia estaria glorificando o nome de Jesus nesse lugar e estar aqui nessa mega estrutura mais uma vez é emocionante, motivo de gratidão. Jesus tem a ver sim com o Forró, com o Nordeste e com Campina Grande e ser talvez o único do meu meio Gospel levando esse nome é um privilégio. A terra do Forró virou a terra da unção!”, disse.

isadora pompeo

Foto: Rondinelle De Paula

Antes do show, a gaúcha Isadora Pompeo (foto) destacou que essa é a primeira vez que se apresenta em uma festa junina com tamanha proporção.

“Em uma festa tão grandiosa como essa é a primeira vez. É uma grande honra estar aqui nesse lugar, as minhas expectativas são altíssimas e creio que é resultado de uma caminhada de fé e de entender o propósito de Deus”, declarou.

Erick Farias é de João Pessoa e viajou com esposa e filha para Campina, só para os shows dessa noite. Ele reforça a importância desse momento.

“Já gostamos das músicas de Isadora e viemos conhecer Marcos Freire, nessa noite que tem um propósito diferente, o da adoração ao Deus que a gente crê, então vale a pena sair de outra cidade para prestigiar. A gente que é uma boa parcela da população acaba se sentindo visto também nesse evento que é o Maior do Mundo, então esse projeto das terças-feiras religiosas deu muito certo!”

Pela segunda terça consecutiva, a professora Marluce de Almeida, foi ao Parque do Povo com as amigas.

“Essas terças estão sendo uma benção, porque está unindo as pessoas de várias religiões, nós estamos tendo a possibilidade de juntas celebrar, louvar e adorar e nos tornarmos únicos diante de Deus”, disse.