São João

De Cavaleiros a Sorriso Maroto, a mistura de ritmos no Parque do Povo

DA REDAÇÃO COM ASCOM

Nesta quarta-feira (06), o Quartel General do Forró foi marcado por uma mistura de ritmos, variando do forró ao pagode, que não deixou ninguém ficar parado.

As apresentações no palco principal ficaram por conta do paraibano Osmídio Neto, Cavaleiros do Forró, Heitor Costa e da Banda Sorriso Maroto.
A Banda Cavaleiros do Forró, como o próprio já diz, trouxe muito forró das antigas e atuais também, como a música “Não Superou”, lançada recentemente. Em entrevista, a vocalista Ana Gouveia falou sobre a energia do público: “A galera toda calorosa, muita energia, não tem como esperar menos dessa festa linda que é agraciada pelo nosso Nordeste”. Enquanto o cantor Jailson Santos expressou a vontade de participar novamente do Maior São João do Mundo: “Para a gente sempre é uma honra e motivo de orgulho, como paraibano, fazer parte todo ano do São João de Campina Grande. É de arrepiar e tenho certeza de que ano que vem estaremos juntos novamente”.

A última apresentação ficou por conta da Banda Sorriso Maroto, que se apresentou pela primeira vez no Parque do Povo, trazendo seus clássicos que fez o público cantar junto. Sucesso desde os anos 90, o vocalista Bruno Cardoso comentou sobre a união que mantém o grupo: “A gente acredita que a energia do público move muito a gente, aqui é muito respeito e amizade, né? A gente tem sempre o Sorriso Maroto como nosso objetivo maior, o que é melhor para a nossa banda. Vamos seguindo assim e vem dando certo há 26 anos, graças a Deus”.

E a festa não para, hoje ainda tem mais shows para animar o público. Na noite desta quinta (06) a programação do Parque do Povo está recheada de atrações. O palco principal receberá as apresentações de Ramon Schnayder, Toque Dez, Manu Bahtidão e Pedro Sampaio. Além das Ilhas de Forró, para quem curte o forró tradicional, o Palco Cultural e a Pirâmide com diversas apresentações culturais dos grupos folclóricos: “Desmaia no Forró”, “As Cangaceiras” (João Pessoa – PB) e “Fios de Prata” ( Santa Cecília – PB).