São João

Mais de 400 profissionais da Saúde de Campina Grande vão atuar durante o São João

Mais de 400 profissionais da Saúde de Campina Grande vão atuar durante o São João


DA REDAÇÃO COM ASCOM

O Maior São João do Mundo vai começar nesta quarta-feira, 29, e a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande mobilizou mais de 400 profissionais para atuarem no evento, nas ações de pronto-socorro, assistência médica, bem como atividades de fiscalização e tarefas educativas durante as festividades.

No Parque do Povo, um pronto-socorro foi montado com 15 leitos, poltronas para pacientes em observação e macas com equipes volantes que ficam circulando pelo espaço.

O posto de saúde fica na frente da Pirâmide Jackson do Pandeiro e conta com enfermeiros, médicos e técnicos de enfermagem e equipamento como desfibriladores e estrutura de ala vermelha para casos graves.

A unidade vai funcionar durante todas as noites a partir das 19h.

Ao lado do pronto-socorro, duas ambulâncias ficarão de prontidão para realizar a remoção de pacientes para os hospitais, caso haja necessidade.

Além disso, as ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 – Regional Campina Grande) vão ficar mobilizadas para caso sejam acionadas, fazendo um fluxo de trajeto diferenciado para chegar ao local, já que a base do Samu fica no entorno do Parque do Povo.

Rede hospitalar

A estrutura hospitalar de suporte foi preparada nos hospitais municipais Pedro I e Dr. Edgley, Hospital da Criança e do Adolescente, Instituto de Saúde Elpídio de Almeida e nas duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

“A Saúde de Campina Grande está pronta e preparada para O Maior São João do Mundo”, disse o secretário de Saúde, Carlos Dunga Júnior.

Associado à estrutura de socorro médico, também estarão presentes ações de fiscalização e educação em saúde.

Na réplica do Telégrafo está montada a estrutura da Gerência de Vigilância Sanitária, que vai orientar comerciantes e consumidores e fiscalizar a comercialização de produtos na festa.

A Gevisa também vai promover uma campanha sobre a proibição de comercialização de cigarros eletrônicos.

No mesmo espaço, fica instalado também o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), órgão municipal interligado ao sistema internacional de monitoramento de situações de saúde pública.

O CIEVS-CG vai atuar de forma educativa, preventiva e preditiva, gerando relatórios, mitigando rumores e identificando vulnerabilidades em saúde coletiva.

Vigilância Ambiental, campanhas e vacinação

A Vigilância Ambiental também está atuando no combate ao mosquito Aedes aegypti e outros arbovírus, inclusive, com inspeção do Parque do Povo e de estabelecimentos como hotéis e restaurantes.

O Centro Municipal de Infectologia Silvestre Maia vai atuar no Parque do Povo distribuindo preservativos e orientando sobre o uso de dispositivos de pré-exposição e pós-exposição para pessoas vivendo com HIV/Aids.

A campanha de conscientização busca evitar as Infecções Sexualmente Transmissíveis. Também haverá a campanha municipal de prevenção à gravidez na adolescência, bem como o apoio à campanha de combate ao trabalho infantil e à exploração sexual infantil.

A campanha Forró de Zé Gotinha também vai levar vacina durante dias específicos a diversos locais da festa, como Parque do Povo, Vila do Artesão e Vila Sítio São João.

Ações nos distritos

No distrito de Galante, um pronto-socorro foi estruturado em uma escola pública próximo ao palco principal e ambulâncias ficam de prontidão em pontos estratégicos do distrito.

Em São José da Mata e em Catolé de Boa Vista, ambulâncias com equipes médicas também vão prestar assistência nas noites de festa.